Como habilitar o modo debug no WordPress

Às vezes, não sabemos exatamente qual a causa do erro em nossos sites.

Em tais casos, precisamos de mais informações sobre qual é o tipo de erro para que assim, possamos trata-lo.

O modo de depuração do WordPress, que é a função que nos permite encontrar e resolver problemas, é desativada por padrão. No entanto, ele pode ser habilitado temporariamente para resolver problemas.

Acessando o arquivo de configuração wp-config

Para habilitar o modo de configuração do WordPress, é necessário editar o arquivo wp-config.php. Este é o arquivo de configuração central do WordPress, responsável por configurações sensíveis, como as credenciais do banco de dados.

Caso você tenha dúvida sobre como editar, indicamos o vídeo abaixo.

Ao utilizar as configurações de depuração do WordPress, há a possibilidade de ter um impacto negativo na performance do seu site. Por isso, utilize apenas para resolução rápida de problemas. Assim que concluído, remova as configurações de depuração.

Ativando o modo de depuração

Para ativar o modo de depuração, basta acrescentar a linha abaixo no arquivo de configuração wp-config.php.

Ative a depuração do WordPress, definindo a constante WP_DEBUG na configuração do wp-debug.php para true, de acordo com o seguinte exemplo:

define('WP_DEBUG', true);

Você também pode gerar um arquivo de log com os registros encontrados. Desta forma, você poderá armazenar potenciais erros ou alertas gerados na plataforma, como no exemplo abaixo:

define('WP_DEBUG_LOG', true );

Por padrão, o arquivo de log de depuração WordPress é criado no/ wp-content/.

Uma vez que você ativou depuração reproduzir o problema para que o erro seja capturado no arquivo de registro. Você pode utilizar este arquivo tanto para verificar os erros ao longo da utilização quanto enviar para análise.

Assim que você resolver a questão, desative o modo depuração simplesmente removendo os itens adicionados ao wp-config, ou passando o valor das variáveis para false como no exemplo abaixo:

define('WP_DEBUG', false);
define('WP_DEBUG_LOG', false);

Opções adicionais de depuração

Além das opções acima mencionadas, você também pode usar as seguintes opções de depuração:

WP_DEBUG_DISPLAY

O WordPress irá mostrar as mensagens de depuração nas páginas HTML como eles são gerados.

Se usado em um site ao vivo isso poderia levar à divulgação de informações sensíveis sobre o site e configuração do servidor, então use cautelosamente.

Para ativar esta opção, adicione a linha abaixo à sua configuração wp-config.php

define('wp_debug_display', true );

SCRIPT_DEBUG

A plataforma irá utilizar versões de desenvolvimento de arquivos core CSS e JavaScript em vez da versão minificada que normalmente usa.

Esta opção de depuração é útil se estiver a testar as alterações .JS e CSS. Para ativar esta opção, adicione a linha abaixo à sua configuração wp-config.php:

define('SCRIPT_DEBUG', true);

SAVEQUERIES

No WordPress, você também pode manter um log da consulta de banco de dados.

Esta opção pode ser útil se você estiver tendo problemas relacionados ao banco de dados. Para permitir-lhe adicionar a seguinte linha:

define('SAVEQUERIES', true);

Conclusão

Espero que este artigo tenha sido útil para você. Caso tenha sido, deixe um comentário no formulário abaixo. Caso tenha alguma dúvida, entre em contato na barra de comentários abaixo.

Quer aprender passo a passo a desenvolver sites profissionais?

Veja nossas vídeo-aulas do extremo básico ao profissional avançado!