Instalação

O que é Sitemap?

Um sitemap é um arquivo formatado que lista todas as página de um site. A principal função deste arquivo é fazer com que seu conteúdo seja mais facilmente encontrável para os motores de busca.

Convenhamos: Todo criador de conteúdo quer que seu trabalho seja mais visto. Mas, às vezes, pode acontecer que algumas de suas páginas não apareçam em seu site, e por isso, pode tornar a tarefa dos sistemas de busca bem mais difícil.

É por isso que existe arquivos sitemap. Este arquivo simplesmente lista todas as páginas de um site, certificando-se de que o Google (e também outros buscadores) pode encontrá-los e rastreá-los a todos, também ajudando-o a entender a estrutura do seu site.

Isso não quer dizer que um sitemap pode aumentar seu posicionamento em sistemas de busca mas sim, ajudar os sistemas de busca a encontrarem seu conteúdo e começar a classifica-lo.

Como funciona um arquivo sitemap?

Como dito anteriormente, um sitemap é um arquivo que lista todas as páginas criadas em seu site.

Normalmente, a formatação de um arquivo sitemap é em XML (Extensible Markup Language – linguagem de marcação extensível). Trata-se de uma formatação simples criada especificamente para comunicação entre sistemas. No caso, a comunicação será apenas entre seu site e os sistemas de busca.

Há sitemaps também que geram arquivos que são navegáveis, no entanto, podem gerar duplicidade de conteúdo e assim, prejudicar sua classificação em sistemas de busca.

Normalmente, o endereço padrão de um sitemap é: https://www.nomedoseusite.com.br/sitemap.xml

Não há garantia que, ao adicionar um Sitemap XML em seu site, todas as suas páginas sejam rastreadas e indexadas pelos motores de busca.No entanto, aumenta suas chances de indexação, especialmente se a sua navegação não estabelecer links para todas as suas páginas.

Devo ter um sitemap?

Todos os sites devem ter um sitemap. Sitemaps são arquivos perfeitos para manusear e manter URLs, especialmente quando você está lidando com muitas URLS em seu site, como um comércio eletrônico onde você tem milhares de produtos ou serviços disponibilizados.

Como explicado anteriormente, um sitemap apenas serve para mostrar aos sistemas de busca quais são os artigos existentes em um site.

Por isso, ter um sitemap não representa riscos para os proprietários do site, apenas benefícios.

A divisão mais comum entre sitemaps em sites é um page_sitemap.xml e post_ sitemap.xml. Isso permite sistemas de busca possam indexar suas páginas e posts separadamente, o que é útil, como os posts são mais frequentemente atualizados do que páginas e eles totalizam números maiores.

O maior benefício é que você pode usar seus arquivos sitemap para notificar o Google quando você fez alterações ao seu site, em vez de esperar que o Google encontre suas páginas quando ele rasteja o seu site da próxima vez.

Usando a ferramenta Console Search do Google, você pode enviar seu sitemap diretamente para o Google e ele saberá que esta lista de páginas deve ser rastejada em seguida.

Como criar um Sitemap no WordPress

Para tornar mais simples a implementação do arquivo, nós vamos utilizar neste artigo o plugin Yoast SEO para WordPress, que conta também com sua própria implementação de sitemap.

Yoast SEO é um plugin muito popular utilizado para cuidar de todos os aspectos de SEO de um site em WordPress. Siga os passos abaixo mencionados para adicionar Sitemap XML.

Instalando o plugin Yoast SEO Plugin

Primeiro passo é acessar o menu Plugins -> Adicionar Novo, e logo após procurar pelo plugin Yoast SEO e fazer a instalação. Logo após, ative o plugin.

Passo inicial para instalação do sitemap.xml no WordPress. Instalação do Plugin Yoast SEO.

Ativando o sitemap

Logo após ativar o plugin, clique no menu SEO -> Geral. Logo após, clique na aba Recursos.Certifique-se que a opção Sitemap XML está ativa.

Ativando a criação do sitemap

Pronto. Seu sitemap.xml está criado.

Adicionando o sitemap no Google Search Console

O Google Search Console, também conhecido como Webmaster Tools, é um conjunto de ferramentas oferecidas pelo Google para dar aos proprietários detalhes sobre como a ferramenta analisa seus sites.

A ferramenta fornece relatórios e dados para ajudá-lo a entender como suas páginas aparecem nos resultados de pesquisa e também detalhes da sua audiência. Você poderá ver, inclusive, quais são as palavras-chave que seus visitantes utilizam para encontrar seu site e também como cada página aparece nos resultados de pesquisa, e quantas vezes suas páginas são clicadas.

O Google Search Console também alerta você quando há algo errado com o seu site, como quando os rastreadores de busca são incapazes de acessá-lo, encontrar conteúdo duplicado ou recursos restritos.

Temos um guia passo a passo sobre como adicionar o seu site WordPress para o Google Search Console.

Acesse o site do Google Search Console

Acesse o site: https://search.google.com/search-console

Clique na “Seta para baixo”.

Depois clique em “Adicionar Propriedades”.

Com a propriedade verificada e adicionada, clique em no menu Sitemaps.

Adicione seu sitemap à sua propriedade

Escreva o endereço do seu sitemap recém criado. Logo após clique em enviar.

O Google leva algum tempo para rastrear seu site. Depois de algumas horas, você poderá ser capaz de ver algumas estatísticas sobre o seu sitemap. Ele irá mostrar-lhe o número de links que encontrou em seu sitemap, quantos deles foram indexados, uma proporção de imagens e páginas web, e outras informações úteis.

Uma vez que você tenha adicionado com sucesso o seu sitemap, ele aparecerá como pendente.

Sobre o autor

Rodrigo Macedo

Rodrigo Macedo é empreendedor, trabalha desenvolvendo sites há mais de 10 anos. Trabalhou como analista e desenvolvedor de software em diversas empresas.

É o instrutor do treinamento WP Samurai e proprietário/fundador da Wisebits.

Deixe um comentário